• Dr. Daniel Malta, PhD

Descubra a melhor porcelana para lentes de contato dentais

Atualizado: Mai 5

A China tem tradição milenar e mundial na fabricação de porcelanas. Mas na minha opinião, são as cerâmicas austríacas e as que vêm de Liechtenstein, um pequeno principado de língua alemã entre a Áustria e a Suíça, as mais bonitas e resistentes porcelanas empregadas na Odontologia.

Lente de contato dental
Antes e depois. Observe a cor branca, e o aspecto natural dos dentes. Neste caso usamos uma porcelana vinda de Liechtenstein.


Grupos de porcelana odontológicas


As porcelanas odontológicas podem ser divididas em dois grandes grupos: Ácido sensíveis e não ácido sensíveis. As cerâmicas ácido-sensíveis são as indicadas para lentes de contato dentais por permitirem forte adesão às estruturas odontológicas.


O que são porcelanas ácido-sensíveis?


As porcelanas ácido-sensíveis são aquelas que reagem com o ácido fluorídrico. O ácido fluorídrico interage com a sílica presente na porcelana, removendo-a parcialmente. Essa retirada de sílica da superfície da porcelana deixa-a com micro-retenções ou cavidades microscópicas onde o adesivo ou a cola resinosa vai entrar e travar promovendo uma união micro mecânica. Essa união ou adesão é forte, muito forte! Principalmente quando realizada sobre o esmalte dental.


Quais as porcelanas não indicadas para lentes de contato dentais?


Já o outro grupo de porcelanas, as que não são ácido sensíveis, não são indicadas para lentes de contato dentais. O fato é que essas porcelanas têm uma quantidade de sílica muito pequena. Logo, não há formação de microcavidades suficientes para uma forte adesão.


Existe um modo de fazer essas porcelanas serem coláveis. Neste caso temos que adicionar sílica à superfície da porcelana, jateando-a com partículas de óxido de alumínio revestidas com sílica. Fazemos isso com as porcelanas reforçadas com zircônia ou alumina, por exemplo.


Qual a porcelana mais bonita para lentes de contato dentais?


As porcelanas mais bonitas para lentes de contato dentais são as feldspáticas puras, sem partículas de reforço. Mas elas são super frágeis. O risco de fratura da porcelana durante a colagem no dente é grande.


Para minimizar o risco de fratura, a indústria adiciona partículas de reforço na composição da porcelana. As partículas de reforço mais usadas hoje são leucita, dissilicato de lítio, alumina e zircônia.


Quais as porcelanas mais usadas para lentes de contato dentais?


Atualmente as porcelanas sem partículas de reforço ou àquelas que são reforçadas com leucita e dissilicato de lítio são as mais usadas para lentes de contato dentais. As sem partículas de reforço são mais bonitas. Enquanto que as reforçadas com leucita e dissilicato de lítio são mais resistentes. Trabalhamos com ambos os tipos: com e sem partículas de reforço. Cada caso é um caso!


Diagnóstico


Iniciamos a consulta conversando com a paciente sobre o seu histórico dentário e expectativas sobre o tratamento. A queixa principal da paciente era substituir as antigas facetas de resina composta por porcelana e assim rejuvenescer o sorriso.


Porque as resinas compostas escurecem com o tempo?


Resinas compostas são um excelente material restaurador. No entanto, toda resina composta sofre pigmentação e desgaste. A mudança de cor da resina acontece por que este material absorve pigmentos advindos da dieta. A porcelana não absorve pigmentos advindos da dieta e também não sofre desgaste. Por isso, as restaurações de porcelana têm estética com longevidade. Isso não quer dizer que resinas não são indicadas. As resinas podem se manter como novas, desde que seja feita uma manutenção nas restaurações a cada 08 meses em média. Nesta manutenção serão feitos procedimentos como acabamento e polimento.

No caso apresentado neste artigo empregamos uma cerâmica reforçada com dissilicato de lítio. Escolhemos esta porcelana por ela apresentar alta resistência, alta força de união e propriedades ópticas parecidas com o esmalte dental.


Clareamento dental associado a resina composta e uma faceta de porcelana no incisivo superior esquerdo.
Observe o antes e depois sem os lábios e com o contraste escuro por trás dos dentes. Note o sutil aumento no tamanho dos dentes. Veja a integração com a gengiva, a nova textura e os efeitos ópticos.

Planejamento


No planejamento deste caso indicamos clareamento dental na arcada inferior seguido da troca das resinas por porcelana nos dentes superiores. Observe que as facetas de resina composta estão manchadas, desgastadas e escurecidas. O clareamento nos dentes inferiores é necessário para que possamos fazer facetas de porcelana mais brancas e assim rejuvenescer o sorriso.

Clique aqui para falar conosco por WhatsApp!


Plano de tratamento e orçamento


Neste caso foi possível entregar o orçamento e o plano de tratamento na mesma sessão inicial. Mas, nem sempre isso acontece. Muitas vezes precisamos aguardar os exames complementares, reunir o time e estudar o caso. Sendo assim, chamamos o cliente para tomar um café e apresentar o plano de tratamento e orçamento.


O plano de tratamento incluiu 05 semanas de clareamento dental. Concomitantemente ao tratamento clareador foi realizado o planejamento em cêra - maquete ou projeto do novo sorriso - sobre um modelo de gesso. Esse planejamento do sorriso é importante para identificarmos aspectos estéticos e funcionais das facetas de porcelanas.


Uma etapa importante do plano de tratamento é a prova do planejamento na boca do paciente. No caso em questão, nós tivemos que remover primeiro as facetas de resina para então fazer o que chamamos de ensaio restaurador ou test drive. Durante o test drive é possível alterar o que foi planejado, se necessário. É o ensaio restaurador, também chamado de mock-up que vai nos dizer se estamos no caminho certo ou se vamos ter que mudar de direção.

Antes e depois com planejamento digital.
Veja a integração com os lábios. Note a cor dos dentes, branco, porém natural, seguindo o nosso estilo de rejuvenescimento do sorriso sem deixar marcas.

Como obter sucesso com lentes de contato dentais?


É o ensaio restaurador que nos dá previsibilidade. Mas é possível que as porcelanas venham diferentes daquilo que foi planejado. É por isso que antes de fazer a colagem, nós fazemos a prova do novo sorriso.


Nós costumamos reservar uma sessão somente para provar o novo sorriso. É comum o cliente levar um acompanhante ou fazer uma video-chamada para mostrar o novo sorriso. Nesta consulta também são realizadas fotografias e filmes para que não fiquem dúvidas sobre o resultado final do tratamento.


Podemos dar seguimento a colagem das facetas de porcelana se tudo estiver de acordo com o que foi planejado. Caso contrário, enviamos as cerâmicas de volta para o técnico junto com as fotografias e com a documentação para que o trabalho seja refeito. É muito raro isso acontecer, mas é possível.


O sucesso do tratamento com lentes de contato dentais se inicia na primeira consulta com um bom diagnóstico da situação, escolha da melhor porcelana, plano de tratamento e execução do que foi proposto com acurácia e tempo. É necessário tempo e conhecimento para planejar e executar tratamentos de excelência com facetas de porcelana.


Resina composta e faceta de porcelana
Super close up do resultado final mostra bem de perto a naturalidade do trabalho em porcelana.

Veja mais casos semelhantes clicando aqui.


Você já conhece o nosso trabalho. Sabe que não abrimos mão da qualidade. Venha nos visitar! Tomar um café! ​Agende aqui por WhatsApp!

Ceramista: Wellington Furtado do Laboratório Wilmar Porfirio (Goiânia, Goiás, Brasil)

Cerâmica: eMax HTBL3 (Ivoclar Vivadent, Liechtenstein)

Agente clareador: Peróxido de carbamida à 10 e 37% (Power Bleaching, BM4, Brasil)

Adesivo: Opti Bond FL (Kerr, EUA)

Cola: Variolink Esthetic Light (Ivoclar Vivadent, Liechtenstein)

De acordo com a legislação em vigor, o Dr. Daniel Malta, CRO/SC 12497, Especialista, Mestre e Doutor em Dentística, esclarece que o caso apresentado não pode servir como padrão ou referência genérica, uma vez que a Odontologia não é uma ciência exata e cada paciente tem suas próprias peculiaridades.



Dr. Daniel Malta - Expert em lentes de contato dentais

O Dr. Daniel Malta é Especialista, Mestre e Doutor em Dentística. Seu trabalho como clínico e professor de pós-graduação é dedicado à Odontologia Estética. Para o currículo completo acesse http://lattes.cnpq.br/4890037679728129

Adicionalmente, o Dr. Daniel Malta é Founder e CEO do BrushClub - O primeiro Clube de Assinatura de escovas de dentes do mundo. Acesse www.brushclub.com.br e receba a melhor escova de dentes do mundo no conforto da sua casa.


Nossa clínica está nos jardins do Square SC401




Daniel Malta Odontologia
Estamos esperando por você! Sinta-se em casa!


Veja como é fácil agendar em nosso site!



O resultado aparece quando você ama o que faz!




Nossa história contada em fotos!



Veja acima a trajetória de sucesso do Dr. Daniel Malta contada em fotos. O Dr. Daniel Malta fez Especialização e Mestrado em Dentística na renomada Faculdade de Odontologia da UNESP de Araraquara em São Paulo; foi estagiário no Instituto de Física da USP de São Carlos; Professor visitante na Universidade do Sul da Califórnia, em Los Angeles, nos Estados Unidos, onde fez parte da sua Tese de Doutorado, defendida pela Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis em Fevereiro de 2012.

Imprensa falada